Prêmio Chico Mendes vai ajudar a trazer para a agenda política questões ambientais

0

“Acho essencial a participação da imprensa nesse debate, para ajudar a esclarecer a população…” diz a senadora Leila Barros

 

Aprovado na última semana pelo Senado, o projeto de lei que cria o Prêmio Chico Mendes para reportagens sobre meio ambiente teve como grande incentivadora a senadora Leila Barros (PSB-DF), relatora da matéria.

Agenda política – Leila é da opinião que, mais do que premiar as melhores reportagens sobre o tema, a seleção vai ajudar a trazer para a agenda política questões ambientais desconhecidas ou pouco exploradas no país.

Preservação –

“Acho essencial a participação da imprensa nesse debate, para ajudar a esclarecer a população sobre a importância da preservação dos diversos biomas brasileiros, promovendo a conscientização geral e fazendo denúncias”, afirmou a parlamentar.

Reitores

O STF dá continuidade, esta semana, ao julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) do Partido Verde que tem como um dos autores o deputado federal Professor Israel (PV-DF). A ação questiona excesso de poder na decisão do presidente da República de nomear reitores de universidades e institutos federais.

Lista tríplice – O motivo disso é que de 2003 até a chegada de Bolsonaro ao governo, os ex-presidentes seguiram a política de respeito às eleições da comunidade acadêmica, e deram posse aos primeiros colocados da lista tríplice enviada ao Planalto. Mas do ano passado para cá essa lista não tem sido mais respeitada.

‘Sem princípios’ – “As nomeações de reitores estão seguindo critérios puramente discricionários e subjetivos, priorizando afinidades de pensamento político e ideológico, completamente diferentes do que se espera na escolha técnica e nos princípios que norteiam a Administração Pública”, disse o parlamentar.

Na campanha

O governador Ibaneis Rocha entrou, definitivamente, na campanha eleitoral dos municípios da área localizada no Entorno do Distrito Federal com os estados de Goiás e Minas Gerais. Ele aproveitou o feriadão para visitar e apoiar os candidatos que fazem parte da sua base eleitoral e concorrem tanto a prefeitos como a vagas para vereador.

Apoios – Dentre as visitas destacaram-se a Cidade Ocidental, onde ele apoia o candidato a prefeito Alex Batista, e Valparaíso, onde é cabeça de chapa Fábio Mossoró. Os dois são do MDB, mesmo partido de Ibaneis. Acompanharam o o governador nessas andanças o secretário da Casa Civil Gustavo Rocha e o ex-secretário do Entorno, Paulo Roriz.

Em Sobradinho

O deputado distrital João Cardoso (Avante) ficou particularmente feliz com o lançamento, recentemente, do projeto de melhoria da iluminação de Sobradinho, que prevê a instalação de 1.958 lâmpadas de LED ma região.

Iluminação – “Trata-se de uma ação de suma importância. Além de maior segurança, o trabalho propiciará economia energética e contribuirá para o fomento do comércio noturno na área”, afirmou o distrital, que destinou R$ 1,1 milhão em emendas de sua autoria para a iniciativa.

Na pauta

O TRF 1 colocou na pauta desta semana mais um julgamento sobre o caso do ex-procurador geral de Justiça do MPDFT Leonardo Bandarra. Ele foi condenado a sete anos e meio de reclusão em maio passado, em ação penal decorrente da operação Caixa de Pandora, mas ainda cabem recursos.

Mobilização – Está sendo esperada mobilização de vários movimentos sociais em frente à sede do tribunal para acompanhar o julgamento em sua totalidade. Bandarra e a promotora Déborah Guerner foram investigados pelo crime de concussão (exigir vantagem em razão do cargo que ocupa) e recebimento de propina para vazar informações sigilosas.

Viva flor

Nos últimos meses, a secretaria de Segurança Pública do DF divulgou que dobrou o número de atendimentos a mulheres em medidas protetivas com autorização judicial por ameaças de violência doméstica, por conta do uso de um novo aplicativo que permite à vítima ou algum familiar, acionar de imediato a Polícia Militar em caso de perigo.

Exclusividade – O app é intitulado “Viva Flor” e fez com que a quantidade de mulheres assistidas pela PM subisse de 41 para 78 de março até 25 de setembro. A ferramenta tem abrangência exclusiva na área de cobertura do Distrito Federal. Atende todas as Varas de Violência Doméstica e Familiar e os Tribunais do Júri do DF.

Tornozeleiras – Em tempo: segundo dados da secretaria, existem hoje 188 tornozeleiras eletrônicas instaladas em Brasília e Regiões Administrativas para fins de cumprimento de medidas protetivas. O monitoramento é realizado em tempo real, 24 horas por dia, no Centro de Monitoramento Eletrônico (Cime) localizado no SIA.

De uma vez

O deputado distrital Claudio Abrantes (PDT) comemorou a inauguração oficial, realizada na última semana, de cinco quadras poliesportivas de uma vez, em escolas de Planaltina. As escolas beneficiadas são a Paroquial (CEF 02), no Setor Tradicional; CEF 03, no Buritis II; CEF Arapoanga e Escola Classe 1, no Arapoanga.

Possibilidades – Todas elas foram erguidas a partir de emendas parlamentares de Abrantes. “Esse é um dia histórico para a cidade. Eu não me lembro de um momento de ganhos tão grandes, de uma vez só. As quadras abrem inu´meras possibilidades aos estudantes, da pra´tica esportiva curricular a eventos culturais”, afirmou o parlamentar .

‘Atentado’

A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) divulgou no Congresso uma nota de repúdio pela derrubada da “Casa de Dona Negrinha”, no fim de setembro, em Planaltina. Segundo Erika, trata-se de uma edificação de mais de 200 anos que era referência importante para a cultura local. “Foi um atentado contra a história do Distrito Federal”, reclamou.

Patrimônio – “Essa demolição é o resultado da falta de políticas públicas eficazes que resguardem nosso patrimônio histórico. Repudio este e todo ato que destrua os símbolos da capital da República”, disse Erika, ao lembrar que apesar de ser propriedade particular, o casarão fazia parte do centro histórico de Planaltina.

‘Sem parar’

Satisfeito com a aprovação em primeiro turno, na última semana, de dois projetos de sua autoria pela CLDF, o deputado Agaciel Maia (PL) trabalha agora para que sejam incluídos na pauta para votação definitiva. “O trabalho não para”, afirmou ele, em tom animado.

Desembarque – Um dos textos cria a carreira de atividades em transportes urbanos no DF. O outro, dispõe sobre a obrigação do Aeroporto Internacional de Brasília colocar funcionários para auxiliar os idosos na retirada de suas bagagens no momento do desembarque.

Deficiente físico

O deputado federal Tadeu Filipelli (MDB-DF) aproveitou o último domingo (11) para comemorar pelas redes sociais o dia do deficiente físico. Lembrou dados do IBGE, segundo os quais existem no Brasil 15 milhões de pessoas com alguma deficiência.

Oportunidades – “São pessoas que lutam diariamente para superar as dificuldades e limitac¸o~es. Como parlamentar, luto por mais acessibilidade e a dignidade que elas merecem, incluindo-as na vida social de forma justa, independente e com mais oportunidades”, destacou.

 

anuncio patrocinado