Poliana Araujo, pré-candidata à vereadora de Águas Lindas, Goiás

0

Poliana Araujo almeja uma Águas Lindas sem o estereótipo de “dormitório”

 

*Por Larissa Azevedo

Ativa nas questões sociais e com o intuito de promover uma revolução na cidade, a professora e pré-candidata à vereadora de Águas Lindas, Goiás, sob o apoio do pai, atuará sob três importantes pilares: Transparência, Fiscalização e Defesa do cidadão.

Poliana Araújo nasceu no Hospital Regional de Ceilândia (HRC), Distrito Federal, em 1992. Por amor e sede de mudança no município de Águas Lindas, GO, reside no local desde seu nascimento. Casada e mãe de menino, se considera politizada pelo seu pai, Assis Araujo, mais conhecido por Assis da Bicicleta, que muito fez pela população da cidade enquanto vereador. Mas, agora, quem toma a frente de um trabalho íntegro e justo é sua filha.

Ela é Pedagoga e Tecnóloga em Gestão de Segurança Pública e Teologia. Atualmente, é acadêmica do último semestre de Direito. Possui, também, conhecimento em Informática, Audiovisual, Produção de Eventos. Visando a uma cidade mais próspera e desenvolvida, decidiu atuar no meio político, como para fazer e acompanhar a mudança acontecer

 

História

 A mulher que, ainda menina, já admirava os passos políticos do pai, estudou na escola na Escola Municipal Joalisio e deu prosseguindo no Colégio Estadual Maria do Carmo, em Águas Lindas. Atuante na igreja, e presente na vida de amigos, Poliana se entrega, de corpo e alma, à questão social, em especial, à que a cerca. “Na época, existia o Segundo Tempo, um projeto social do qual fiz parte e que acontecia em uma chácara cedida pelo meu pai ao povo. A cultura e o lazer acontecia ali, no campo de futebol, Basquete e Vôlei.

Por toda a infância, Poliana manteve o atletismo, como as Corridas de Rua, presente em sua vida. Ela cresceu cercada pela comunidade, convivendo com a população. Assim, entendia as necessidades dos cidadãos. “Sempre fui atuante na igreja também. Eu e o meu esposo somos cantores, realizamos um trabalho social impecável, acompanhamos vidas, sabe? Somos contra todo tipo de violência contra mulher, criança e idosos”, explica.

A pedagoga, durante sua trajetória, acompanhou o pai exercendo uma política inigualável, limpa e honesta. A partir de suas observações, começou a se interessar por questões que envolviam bens maiores, como mais qualidade de vida aos moradores de sua cidade natal.

Aquilo a inquietava como cidadã ativa: “Por que não temos oportunidade de lecionar no nosso próprio município, precisando nos deslocar para o DF?”, indagava a filha de Assis Araujo, chegando à conclusão de que faltava o reconhecimento da classe de docentes. O fato de a região ser vista como a “cidade dormitória” não deixava Poliana satisfeita, almejando uma revolução em Águas Lindas.

 

Compromisso com a cidade mais populosa do Goiás

 

Após presenciar a desistência de seu pai dos afazeres políticos formais, resolveu dar continuidade ao trabalho, que foi, a Assis da Bicicleta, confiado de forma honrosa pelos moradores de Águas Lindas.

Poliana Araujo, pré-candidata à vereadora de Águas Lindas (GO)

O POVO SEMPRE ACREDITOU NO QUE MEU PAI EXERCIA. EU TIVE FORÇA PARA TOMAR A DECISÃO DE DAR CONTINUIDADE À OBRA. HOJE, ESTOU AQUI, CONCORRENDO À OPORTUNIDADE DE REPRESENTAR O CIDADÃO.”

A professora se compromete, principalmente, à atividade de fiscalizar. Segundo ela, é de extrema importância acompanhar os rumos que a vontade do povo toma. Além disso, enxerga que a demanda do desfalque dentro do município é justamente a falta de fiscalização, que é um poder atribuído à governança.

 

A bandeira mais defendida por Poliana é o apoio a projetos que a população ainda não tem. “A voz ativa está em escassez. É preciso ser transparente. Transparência, fiscalização e defesa do cidadão são a grande questão”, assegura Poliana Araujo.

 

Projeções para Águas Lindas

 

A pré-candidata enfatiza a necessidade da viabilização da segurança pública, reconhecimento dos servidores e geração de emprego para todas as idades na região de Águas Lindas, GO. “Essa é a inovação da qual o meu povo necessita”, finaliza.

 

Poliana Araujo levanta e estende, com orgulho, as bandeiras:

 

– A causa da mulher (em combate à violência contra a mulher);

– A saúde da mulher (a carreta da mulher);

– Cursos profissionalizantes e geração de emprego;

– Fomento à música como cultura e lazer.

anuncio patrocinado