O Rio de Janeiro anuncia reabertura de museus e centros culturais

0

Segundo a prefeitura, fase 6-A de flexibilização autoriza abertura de museus, galerias de arte, centros culturais, bibliotecas e parques de diversão

 

A Prefeitura do Rio anunciou nesta segunda-feira (31) o início da fase 6 de flexibilização das medidas de restrição contra o novo coronavírus. Segundo Flávio Graça, superintendente de educação e projetos da Vigilância Sanitária do município, a nova etapa vai ser divida em duas.

“Vamos fazer uma subdivisão, como fizemos na fase 3, porque há um número maior de atividades, o que pode causar um número maior de infecções”.

Dessa forma, a fase 6-A vai manter as atividades já permitidas nas etapas anteriores e incluir a abertura de museus, galerias de arte, parques de diversão, espaços infantis, casas de festa infantis com um terço da capacidade, bibliotecas e cursos profissionalizantes.

Segundo a secretária municipal de Saúde Beatriz Busch, essa fase será analisada por 30 dias, e não por 15 como foram as outras, para que seja avaliado o impacto do fechamento dos hospitais de campanha feitos pela iniciativa privada e os do Governo do Estado.

O prefeito Marcelo Crivella também fez um apelo para que as pessoas respeitem as regras e mantenham o distanciamento, na medida do possível. “É uma doença perigosa, com alta taxa de contaminação. Não queremos repetir a tragédia de maio”, disse.

Crivella disse ainda que o apelo é por ver praias e bares com aglomerações. Segundo ele, haverá um agravamento na multa nos lugares onde o distanciamento não for respeitado.

anuncio patrocinado
Anunciando...