Com mais de 2,2 mil mortos, moradores do DF promovem festa

0

O evento ocorreu nesse sábado último (22/8) em uma chácara na BR-060, em Samambaia. Centenas de pessoas se reuniram no evento clandestino

 

Em meio à pandemia do novo coronavírus, moradores do Distrito Federal se reuniram em uma festa com centenas de pessoas. O evento ocorreu nesse sábado (22/8), em uma chácara na BR-060, em Samambaia. Levantamento mais recente da Secretaria de Saúde mostra que a capital tem 148.037 infectados e 2.266 mortes provocadas pela covid-19.

As orientações dos órgãos de saúde e de especialistas é de que o distanciamento social ainda é a prinicipal maneira de frear a disseminação do novo coronavírus. Atualmente, o Distrito Federal passa pelo pico da pandemia, período em que grande quantidade de casos é registrada diariamente. Portanto, a possibilidade de se infectar é ainda maior.

Entretanto, imagens obtidas revelam a formação de aglomerações no evento. A festa, promovida clandestinamente, é de grande porte. Há presença de Djs, animadores, palco e um grande público. Além disso, nas imagens, ninguém usava máscara de proteção facial.

A reportagem entrou em contato com as polícias Civil e Militar e questionou se o ocorrido seria apurado. Porém, até a última atualização desta publicação, as corporações ainda não tinham respondido.

Por meio de nota oficial, a Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal (DF Legal) informou que duas equipes da Vigilância Sanitária atenderam a 56 denúncias de bares e restaurantes e a uma denúncia de condomínio na noite desse sábado, entretanto a pasta não comentou sobre o evento.

Desde 14 de março, eventos que exijam licença do governo, com público superior a 100 pessoas, estão suspensos por meio de um decreto do Executivo. A medida adotada visa a redução da incidência do novo coronavírus na capital.

  • Pessoas reunidas em aglomeração
    Pessoas reunidas em aglomeração
anuncio patrocinado