Foguete da Nasa com robô explorador enviado a Marte tem problemas técnicos

0

A nave, que agora está no modo de segurança, desligou todos os sistemas, exceto os essenciais

 

 

Washington, Estados Unidos – A nave Mars 2020, que transporta um novo veículo da Nasa enviado para explorar Marte, sofreu problemas técnicos e opera agora apenas seus sistemas essenciais, informou a agência espacial dos Estados Unidos nesta quinta-feira.
“Os dados indicam que a espaçonave entrou em um estado conhecido como modo de segurança, provavelmente porque parte da espaçonave estava um pouco mais fria do que o esperado enquanto (…) se encontrava na sombra da Terra”, informou a Nasa, acrescentando que a missão avalia o estado do artefato.
Quando uma nave entra no modo de segurança, ela desliga todos os sistemas, exceto os essenciais, até receber novos comandos do controle da missão.
Matt Wallace, vice-gerente de projetos da missão, disse que o fato de a sonda ter entrado no modo de segurança não é muito preocupante.
“Está perfeitamente bem, a espaçonave está feliz lá”, disse.
A sonda deixou a sombra da Terra e as temperaturas agora estão normais.
“No momento, a missão Mars 2020 está concluindo uma avaliação da saúde completa da sonda e trabalha para devolvê-la a uma configuração nominal para sua jornada a Marte”, acrescentou a Nasa.
A sonda também sofreu um atraso no estabelecimento de seu vínculo de comunicação com o Laboratório de Propulsão a Jato em Pasadena, Califórnia (oeste dos EUA), seu controle de missão.
O Mars 2020 enviou seu primeiro sinal para os controladores de solo às 09H15 (1015 em Brasília), mas foi apenas às 11H30 (12H30 em Brasília) que estabeleceu a telemetria – dados mais detalhados sobre a espaçonave.
“A equipe está trabalhando com essa telemetria. Vão verificar o restante da assistência médica da espaçonave. Até agora, tudo o que vi está bom, então saberemos mais em um momento”, disse Wallace.
anuncio patrocinado