Auxílio de R$ 600 é pago a 5,7 milhões de pessoas nesta sexta. Confira

0
54

 

Caixa Econômica Federal termina de pagar a quarta parcela do benefício emergencial a quem recebe o Bolsa Família

 

 

A Caixa Econômica Federal credita nesta sexta-feira (31/7) o auxílio emergencial de R$ 600 para mais 5,7 milhões de brasileiros. Desse total, 1,9 milhão são beneficiários do Bolsa Família com o Número de Identificação Social (NIS) final igual a zero – o pagamento da quarta parcela se encerra hoje para esse grupo.

Recebem também 3,8 milhões de inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e trabalhadores informais, autônomos, MEIs e desempregados que se cadastraram pelo aplicativo – todos esses, nascidos em abril.

A Caixa iniciou na semana passada o pagamento do primeiro ciclo do auxílio de R$ 600. O dinheiro a ser pago refere-se à primeira, segunda, terceira ou quarta parcela, a depender de quando recebeu pela primeira vez.

Veja como ficou a divisão de quem recebe nesta sexta-feira:

  • Beneficiários do Bolsa Família com final do NIS igual a zero;
  • Nascidos em abril que foram aprovados recentemente pela Dataprev ganham a 1ª parcela;
  • Nascidos em abril que receberam a primeira parcela em junho ou até 4 de julho ganham a 2ª parcela;
  • Nascidos em abril que receberam a primeira parcela em maio ganham a 3ª parcela;
  • Nascidos em abril que receberam a primeira parcela em abril ganham a 4ª parcela.
Sou do Bolsa Família

O pagamento para os beneficiários do Bolsa Família obedece ao calendário habitual do programa, que tem como base o Número de Identificação Social (NIS).

Nesta sexta, recebem as pessoas que têm o final do NIS igual a zero. Mães adolescentes do Bolsa Família que foram aprovadas para receber o auxílio também entram nesse cronograma.

O pagamento da quarta parcela a esse lote se encerra nesta sexta. Beneficiários do Bolsa Família com o último dígito do NIS entre 1 e 9 ganharam a benefício nos últimos dias.

O pagamento do auxílio de R$ 600 é feito da mesma forma que o benefício regular. Dessa maneira, é preciso usar o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa aqui; ou por crédito na conta Caixa fácil.

A quinta parcela – que pode ser a última, uma vez que o governo anunciou, até o momento, a prorrogação de somente duas parcelas – do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família, por sua vez, começa a ser paga em 18 de agosto.

Não sou do Bolsa Família

Para os trabalhadores que não recebem o Bolsa Família, o crédito do auxílio emergencial – que pode ser da primeira, da segunda, da terceira ou da quarta parcela – será feito nesta sexta a 3,8 milhões de nascidos em abril.

Neste caso, o crédito será depositado na conta Poupança Social digital, onde o dinheiro deverá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Em um primeiro momento, o auxílio ficará limitado para pagamentos digitais, sendo impossível realizar saques e transferências.

A Caixa liberou nesse último sábado (25/7) as opções de saque e transferência para nascidos em janeiro. Quem nasceu em fevereiro ou março, por exemplo, só poderá sacar o auxílio de R$ 600 a partir deste sábado (1º/8).

O calendário está organizado de acordo com o mês de nascimento, independentemente de qual o número da parcela do auxílio que será paga. O primeiro ciclo de crédito será efetuado nas seguintes datas:

O segundo ciclo de pagamentos tem início no próximo dia 28 de agosto. O crédito vai acontecer da mesma maneira, de acordo com a data de nascimento. Na ocasião, a Caixa inicia o crédito da quinta – e última – parcela.

Calculadora

Ficou confuso? Muitos calendários, não é?! Que tal uma “calculadora” para que os beneficiários possam saber a data de todos os próximos pagamentos.

Para isso é necessário informar alguns dados básicos– nada que comprometa o seu benefício. A primeira pergunta a ser respondida, por exemplo, é se você recebe o Bolsa Família. Simule aqui.

anuncio patrocinado