Estudo mostra que covid-19 pode provocar lesões cerebrais graves

0
38

De acordo com a pesquisa, as sequelas podem ser observadas até mesmo em pacientes com a forma leve da doença

 

 

Cientistas do Reino Unido encontraram evidências de que a covid-19 pode levar a problemas cerebrais graves como sequela. O estudo é mais um que mostra evidências desse tipo de complicação.

A pesquisa, publicada na revista científica Brain, nesta quarta-feira (8/7), mostra que os pacientes recuperados da covid-19 podem ter confusão mental, derrames e danos nos nervos. Os sintomas foram encontrados, inclusive, em pacientes que não tiveram casos graves da doença. “O que vimos com alguns desses pacientes de Adem e em outros pacientes é que você pode ter uma neurologia grave, pode estar bastante doente, mas na verdade tem uma doença pulmonar trivial”, disse Michael Zandi, um dos autores do estudo, ao The Guardian.
O estudo foi feito na University College London (UCL) com 43 pacientes que tiveram a covid-19 e sofreram de problemas cerebrais. Desses, nove desenvolveram uma doença rara chamada encefalomielite disseminada aguda (Adem), que atinge o sistema nervoso.
Os autores do estudo relataram que o número de casos de ADem no hospital era de um por mês antes da pandemia. Entre abril e maio, o número aumentou para dois ou três por semana.
Ainda tiveram sete outros pacientes no estudo que foram diagnosticados com síndrome de Guillain-Barré.
Um outro estudo, publicado na revista The Lancet Neurology, constatou que derrames, delirium e outras complicações neurológicas são relatados na maioria dos países em que houve grandes surtos da covid-19.
anuncio patrocinado