Lançado manual de segurança para rede hoteleira do DF

0
11
Brasília, 25.06.2020// Cerimônia de lançamento do protocolo de segurança para a rede hoteleira no CAT (Centro de Atendimento ao Turista) Casa de Chá, na Praça dos Três Poderes. Na imagem Vanessa Mendonça (Secretária de Estado de Turismo do DF). Foto Claudio Gerber/Setur-DF

Resultado de parceria entre Secretaria de Turismo e Abih, publicação ajuda a firmar Brasília como destino recomendável

Um guia detalhado para orientar o setor hoteleiro com protocolos para evitar a disseminação do coronavírus foi lançado na quinta-feira (25), em conjunto, pela Secretaria de Turismo (Setur) e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih). Intitulado Manual de Boas Práticas no Combate à Covid-19, o material se soma a medidas que, promovidas pelo GDF e pela iniciativa privada, firmam Brasília como um destino seguro.

Com base nas recomendações expedidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e decretos distritais e federais, a publicação foca em boas práticas para restabelecimento das operações hoteleiras, conferindo maior segurança e confiabilidade aos hóspedes e colaboradores do setor.

A cerimônia de lançamento do manual foi realizada com limite de participantes, devido à pandemia. “Fomos a primeira cidade a adotar o isolamento social, e fomos pioneiros em lançar uma medida de proteção para os profissionais que estão lidando diretamente com a Covid-19 – o Programa Acolher”, declarou a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça. “Precisávamos ter um olhar atento sobre essa volta e nos unimos para pensar em uma retomada com todo cuidado e cautela”.

Governo transparente

A secretária também ressaltou o destaque que o DF tem conquistado em nível nacional e internacional. A capital alcançou nota máxima no quesito transparência e ficou em primeiro lugar no ranking da Open Knowledge Brasil (OKBR). A avaliação considera a publicação de informações em sites oficiais do governo referentes a questões que envolvem a pandemia da Covid-19 – como casos, status de atendimento, doenças preexistentes, ocupação de leitos e testes, entre outros enfoques.

“Tudo isso é reflexo de uma gestão comprometida com a transparência das ações e com a segurança de seu povo”, afirmou Vanessa. “E o nosso governo, mais do que nunca, está atuando junto à iniciativa privada para proteger a população com ações concretas e, assim, garantir a retomada das atividades.”

Boa receptividade

A presidente da Abih, Adriana Pinto, destacou que o manual atende todos os departamentos da hotelaria – do check-in e governança aos funcionários de manutenção, limpeza, entre outros. “A nossa associação conta com 39 hotéis e 11.718 leitos, e o setor recebeu a iniciativa muito bem”, disse. “Encontramos uma forma de traduzir a legislação em medidas práticas e objetivas, separando por departamentos e em uma linguagem acessível”, disse.

Os protocolos do Manual de Boas Práticas no Combate à Covid-19 abrangem sete pontos: alimentos e bebidas; higiene geral; limpeza e higienização de ambientes; comunicação; monitoramento das condições de saúde no ambiente de trabalho; recepção de hóspedes e questões gerais da cartilha sobre Covid-19 elaborada pelo Ministério da Saúde.

“Somos uma cidade cidadã, isso está no nosso coração, e o nosso governo teve as atitudes certas”, elogiou a presidente do Brasília Convention & Visitors Bureau, Cláudia Maldonado. “Isso faz com que a gente tenha certeza que o melhor lugar para estar é a nossa casa, mas se for para sair, o melhor destino é Brasília.”

Com informações da Setur

anuncio patrocinado