“Verdadeiro guerreiro”, diz carta de Maia e Alcolumbre sobre Mandetta

0
12

Luiz Henrique Mandetta foi exonerado do Ministério da Saúde nesta última quinta-feira (16) pelo presidente Jair Bolsonaro. Oncologista Nelson Teich assume o posto

 

Uma carta assinada pelos presidentes da Câmara e Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP) respectivamente, afirma que Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde demitido nesta quinta-feira (16), “foi um verdadeiro guerreiro em prol da saúde pública”.

“O trabalho responsável e dedicado do ministro foi irreparável. A sua saída, para o país como um todo, nesse grave momento, certamente não é positiva e será sentida por todos nós”, diz o documento.

A carta diz que o Congresso Nacional espera que o novo ministro, Nelson Teich, dê continuidade ao bom trabalho que vinha sendo desempenhado pelo Ministério da Saúde, “agindo de forma vigorosa, de acordo com as melhores técnicas científicas”.
“O Parlamento faz um apelo à União e ao bom senso dos poderes da República a fim de que, juntos, possamos somar esforços contra o verdadeiro inimigo público da nação, que é a pandemia da covid-19”, diz.

 

Por fim, Maia e Alcolumbre escrevem que o Congresso acompanha todos esses movimentos com altivez. “Com o sentimento de urgência que a calamidade pede e com toda a responsabilidade que se espera dos poderes constituídos e dos agentes públicos”, finaliza.

anuncio patrocinado