Home office: dicas para criar, em casa, o ambiente de trabalho perfeito

0

Especialistas dão dicas e ensinam como o ambiente ideal pode ajudar na produtividade durante o home office

 

Com o aumento de casos da Covid-19, o Ministério da Saúde recomenda a redução do contato social e pede que as pessoas evitem aglomerações, diminuindo os riscos de disseminação do vírus. Muitas empresas, repartições públicas e profissionais liberais optaram pelo chamado “home office”, para atender às orientações das autoridades sanitárias e continuar a desempenhar as suas tarefas.
Para o melhor conforto e manter o mesmo ritmo do ambiente de trabalho em casa, o designer de interiores Henrique Freneda dá dicas de como transformar um cantinho sem uso em um escritório. “Uma mesinha que não é muito utilizada ou até mesmo um aparador pode ser usado para o improviso de um escritório”, sugere.
Ele sugere colocar esse aparador perto de uma janela para conseguir uma ótima iluminação e também aproveitar uma corrente de ar. “A varanda também é excelente lugar, mas sabendo o horário que bate sol”, lembra Henrique, graduado em design de interiores pela Panamericana Escola de Arte e Design.
O ambiente de trabalho em home office é diferente daquele dos que optam por trabalhar em casa definitivamente. Nesse caso, precisa de um espaço fixo. “Um quarto de hóspedes é o local ideal, até mesmo no “quarto da bagunça”, para montar um escritório incrível. É possível reutilizar móveis com pouca utilidade ou mesmo móveis que estão guardados”, orienta ele.
Mas, o que não pode ter nesse ambiente provisório? Barulho não deve existir. Portanto, procure um lugar mais tranquilo, no qual você possa colocar música e afins. “O ideal é um cantinho que te ajude a se concentrar, distante do restante das pessoas da casa”, orienta o designer.
Para muitas pessoas, trabalhar em casa é um desafio maior, pois permanecer no mesmo local do despertar ao dormir exige muito mais da concentração e da disciplina.“A proximidade com a televisão e a cozinha sempre aberta, nem sempre facilita. Por isso, evite excessos no novo local de trabalho. Não precisa ser espartano, apenas essencial”, explica Patrícia Penna, graduada em arquitetura e urbanismo pela Escola Panamericana de Arte.

Hora do cafezinho

Para quem pensa em trabalhar em home office, é importante adquirir uma boa cadeira, com boa ergonomia. “O mesmo vale para a mesa/bancada de trabalho. Investir numa peça, que seja comprada pronta ou sob medida, faz todo sentido”, orienta a arquiteta.
O ambiente ideal é o que  tenha uma boa iluminação natural e ventilação. Segundo ela, caso não seja possível, implemente com iluminação artificial.  “Com lâmpadas nem muito brancas nem muito amarelas (que melhora a qualidade espacial para o usuário) e a ventilação, com ar condicionado ou ventilador”, diz Patrícia,  também graduada em design de interiores pela Escola Panamericana de Arte.
A outra dica dela é uma luminária de mesa bem legal (há uma infinidade de modelos — dos mais caros aos bem acessíveis), acessórios de mesa que combinem organização e praticidade para o tipo de profissão do usuário e pronto!
E, para relaxar ao “voltar” do trabalho, a arquiteta e designer sugere uma cadeira gostosa, um cantinho no sofá ou na varanda, para um cafezinho ou chá. Um ambiente que traga a sensação de encerramento da jornada. “Que seja uma atividade de encerramento, também, é essencial para ter uma reflexão sobre o dia que passou e das atividades desempenhadas. E, acima de tudo, isso é terapêutico.”

Foco no trabalho

  • Mantenha o escritório limpo e organizado;
  • Não use a cadeira da sala de jantar ou da cozinha. Invista numa cadeira ergonômica: a coluna agradece;
  • Há quem se vista como se fosse sair de casa, e há quem prefira ficar de pijamas o dia todo. O ideal é, pelo menos, trocar de roupa uma vez pela manhã e outra, à noite;
  • Converse com pessoas do trabalho, seja por Skype, telefone, MSN, redes sociais ou outros canais de comunicação;
  • Faça pequenas pausas e as preencha com coisas úteis, como: ir rapidamente ao banheiro, fazer um lanche, colocar a roupa para lavar, fazer um exercício, etc.
Fonte: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae)

Além da iluminação adequada e um lugar sossegado, confira outros móveis e objetos que dão um up no home office

Mesa para escritório
  • Existem dezenas de modelos de mesa, mas você precisa de uma que seja confortável, prática e funcional. Se você tem pouco espaço, a dica é escolher uma mesa com gaveteiros, que possibilita guardar objetos. Mas se preferir, você pode optar por uma mesa mais simples, que caiba apenas o necessário para a execução do trabalho.
Cadeira de escritório 
  • Esse móvel é extremamente importante, pois precisa ser uma escolha assertiva. Errar ao escolhê-la pode resultar em graves consequências, como dores na coluna provocadas pela má postura.
Prateleiras e Armários
  • Se você quer manter a produtividade sempre em alta, precisa andar no caminho da organização. Com prateleiras, estantes e armários, você mantém o ambiente organizado e consegue deixá-lo bonito e charmoso.
Quer um ambiente espaçoso? 
  • Utilize prateleiras suspensas, pois aumenta o espaço ao redor, o que é excelente para quem tem um pequeno escritório.
  • Armários e estantes: são opções para guardar papéis e documentos, sem contar que são práticos  para ‘esconder’ a bagunça, como objetos eletrônicos.
Decoração 
  • Opte por quadros de recado; dessa maneira, você personaliza o ambiente e pode evidenciar os compromissos;
  • Aposte nas lousas ou nas tintas que proporcionam um aspecto de descontração e quebram a imagem de repartição. Elas têm um grande peso decorativo e são adequadas para anotar compromissos, lembretes e até mesmo frases motivadoras.
Fontes: Nostra Casa Italínea, móveis planejados e, C&C – Casa&Construção, loja de materiais de construção on-line.
anuncio patrocinado
Anunciando...