Devo usar luvas para ir ao mercado? Médicos garantem que não

0

Equipamento de proteção dos profissionais de saúde está sendo incorporado ao cotidiano das pessoas normais, mas nem sempre garante proteção

 

A pandemia da Covid-19 tem feito a população de todo o mundo ficar em casa para evitar o contato com o novo coronavírus. No entanto, mesmo com o distanciamento social e as medidas de restrição adotadas pelos governos, eventualmente é preciso ir ao mercado ou à farmácia. Mas, como proteger as mãos nesses momentos, já que uma das formas de transmissão é ter contato com superfícies contaminadas?

O clínico geral e coordenador do pronto-socorro do Hospital Santa Lúcia Sul, Luciano Lourenço, garante que o uso das luvas hospitalares não é uma boa opção, pois representa mais risco à saúde de pessoas saudáveis do que proteção. Isso porque elas não têm o treinamento necessário para usá-las corretamente.

“Os profissionais de saúde recebem treinamento específico para usar luvas e retirá-las depois. Uma pessoa comum pode contaminar o punho, a manga da camisa ou as mãos limpas na hora de retirar e ter a ilusão de que está livre de perigo”, afirma.

Quando usada por longos períodos, as luvas acumulam um volume maior de sujeira do que se a pessoa estivesse com as mãos livres. Com a sensação de que está protegido pelas luvas, o indivíduo pode até evitar tocar no rosto, como recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS), mas entra em contato com o celular, a caneta ou pega nos cabelos, por exemplo.

O médico explica que as luvas são seguras dentro dos hospitais porque são trocadas com frequência pelos profissionais, a cada paciente. Lembra ainda que a luva é um material de uso essencial nos atendimentos clínicos e, assim como as máscaras, a procura exagerada da população pelo equipamento de proteção pode provocar falta para quem realmente necessita delas.

“Existem situações que justificam o uso de luvas, em salas vermelhas, por exemplo, com pacientes com alto nível de complexidade ou para uma família com algum doente com teste de coronavírus positivo em casa”, ressalta.

A recomendação de lavar às mãos com água e sabão ou álcool gel continua sendo uma das principais para evitar a transmissão do novo vírus.

No Reino Unido, o médico Karan Rangarajan, do Serviço Nacional de Saúde (NHS), usou sua conta no Tik Tok para explicar porque as pessoas não devem usar luvas em situações cotidianas.

anuncio patrocinado
Anunciando...