Tribunal de Contas do Amazonas define banca para concurso

0
SONY DSC

Certame será feito para suprir necessidades em decorrência de aposentadorias. Ex-presidente chegou a falar em 200 vagas

 

O novo concurso do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) — confirmado desde 17 de outubro pelo novo presidente do órgão, conselheiro Mario Mello — já conta com banca organizadora definida. De acordo com informações divulgadas pelo órgão, a escolhida é a Fundação Getúlio Vargas (FGV), cujo contrato deve ser assinado em breve.

Os cargos e vagas que serão oferecidas no certame ainda serão confirmados. Porém, informações preliminares são de que a oferta será para o cargo de auditor técnico de controle externo nas áreas de auditoria governamental, auditoria de obras públicas e Ministério Público de Contas. A remuneração inicial ainda não foi definida.

Para auditoria governamental são aceitos candidatos com formação em administração, arquivologia, biblioteconomia, ciências atuariais, ciências contábeis, ciências econômicas, direito, geologia, jornalismo, medicina, pedagogia, psicologia e odontologia.

Já o controle externo solicita formação em direito. E para auditoria de obras públicas, arquitetura, engenharias ambiental, elétrica, eletrônica, de estrada, mecânica, naval, de pesca, de petróleo e gás e de transporte ou logística.

O último concurso do TCE-AM ocorreu em 2013, quando foram oferecidas 27 vagas, somente para cargos com exigência de nível superior. As oportunidades foram para as carreiras de analista técnico de controle externo e analista técnico de controle externo. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Carlos Chagas.

anuncio patrocinado