Sobe para 44 número de mortos em razão das chuvas em Minas Gerais

0
78

Segundo a Defesa Civil, 19 pessoas continuam desaparecidas. Governo do estado decretou estado de emergência em 47 cidades mineiras

 

A Defesa Civil de Minas Gerais informou no fim da tarde deste domingo (26/01/2020) que o número de mortes em decorrência das chuvas no estado subiu para 44. A cidade com maior número de mortes é Belo Horizonte, com 14 vítimas.

O governo do estado decretou situação de emergência em 47 municípios (confira a lista abaixo). A determinação foi publicada no Diário Oficial do estado. A medida tem prazo de validade de 180 dias. Com isso, ficam dispensados de licitação contratos para aquisição de bens em resposta às chuvas, além da prestação de serviços e realização de obras nas áreas afetadas.

Confira as cidades em situação de emergência:

  • Abre Campo;
  • Alto Caparaó;
  • Alto Jequitibá;
  • Belo Horizonte;
  • Betim;
  • Brumadinho;
  • Caeté;
  • Caparaó;
  • Carangola;
  • Cataguases;
  • Congonhas;
  • Contagem;
  • Divino;
  • Dores do Turvo;
  • Ervália;
  • Espera Feliz;
  • Guidoval;
  • Ibiaí;
  • Ibirité;
  • Luis Burgo;
  • Manhuaçu;
  • Mariana;
  • Mateus Leme;
  • Matipó;
  • Monjolos;
  • Muriaé;
  • Nova Lima;
  • Orizania;
  • Patrocínio de Muriaé;
  • Pedra Bonita;
  • Raposos;
  • Raul Soares;
  • Ribeirão das Neves;
  • Rio Acima;
  • Sabará;
  • Santa Bárbara;
  • Santa Luzia;
  • Santa Margarida;
  • São Gonçalo do Sapucai;
  • Sarzedo;
  • Senador Firmino;
  • Simonésia;
  • Taquaraçu de Minas;
  • Teófilo Otoni;
  • Tocantins;
  • Ubá;
  • Visconde do Rio Branco.
anuncio patrocinado