GDF Presente faz ação emergencial em ruas de Ceilândia após vendaval

0
32

Estragos causados por temporal e ventos fortes foram sanados após monibilização de secretarias e órgãos

 

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio de ação coordenada de diversos órgãos da administração pública, agiu com celeridade na recuperação dos danos causados pela tempestade de ventos que derrubou árvores em Ceilândia. Os estragos provocados pelas chuvas no início da semana deixaram vias obstruídas e milhares de pessoas sem energia elétrica (veja números e outras informações sobre o assunto ao final desta matéria).

Menos um lixão clandestino em Samambaia

Uma tempestade tropical – de chuvas com ventos fortes, descargas atmosféricas e granizo – atingiu a região oeste do Distrito Federal, derrubou postes e lançou árvores nas redes. A queda ocasionou o desligamento de diversos circuitos das subestações Ceilândia Sul e Ceilândia Norte – situação que já foi revertida pela Companhia Energética de Brasília (CEB).

Coordenada pela Administração Regional de Ceilândia, técnicos da Novacap, da CEB, do Detran-DF, do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil foram para as ruas menos de uma hora após o fim do temporal, liberando-as imediatamente. Todo o trabalho de limpeza da cidade, conduzido pelas equipes do programa GDF Presente, foi mantido na manhã desta terça-feira (24), véspera de Natal.

A rapidez na reversão do problema foi apontada pelo administrador regional de Ceilândia, Marcelo Piauí, como responsável pela eficácia do atendimento. “Essa rapidez na resposta aliada à parceria dos órgãos foi tudo fundamental para que os problemas fossem sanados no menor tempo possível”, disse Piauí.

“É preciso, porém, que a população tenha paciência nesse período de chuvas, porque as ocorrências são inúmeras.”

Para janeiro, a administração regional prepara um mutirão de limpeza para evitar que novas ocorrências causadas pelas chuvas gerem transtornos à população.

Ação em Ceilândia após vendaval

Principais pontos atingidos:

Via Hélio Prates, Via Leste Sul, Via P2 Norte, Via O4, Via M1, M Norte e M3 Norte.

Registros de quedas de árvores: 15

Tempo de desobstrução: menos de 1 hora após o término das chuvas

Ações executadas: poda, remoção de galhos e troncos, limpeza e desobstrução de avenidas

Maquinário envolvido (dirob + gdf presente + novacap):

4 caminhões carroceria
2 pá carregadeira,
8 caminhões basculante truc
5 caminhões estoco
2 tratores com carreta

Trabalhadores envolvidos na remoção: 100

anuncio patrocinado