Inscrições para o concurso da Sefaz-DF começam nesta sexta-feira (22)

0

São 120 vagas para o cargo de auditor fiscal, sendo 40 para início imediato e 80 para formação de cadastro reserva; Inscrições a partir das 10h

 

Atenção futuros auditores fiscais! As inscrições para o concurso da Secretaria de Economia do Distrito Federal (Sefaz-DF) começam nesta sexta-feira (22), a partir das 10h. Ao todo, são 120 previstas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita, da carreira de Auditoria Tributária do Governo do Distrito Federal, sendo 40 para início imediato, mais 80 para formação de cadastro reserva.

Para concorrer ao cargo, o principal requisito é ter diploma devidamente registrado de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação ou habilitação legal equivalente, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Os candidatos aprovados receberão remuneração inicial de R$ 14,9 mil.

Para realizar a inscrição, o candidato precisa acessar o site da banca organizadora do certame, o Cebraspe. O valor da taxa é de R$ 50, podendo ser paga até o dia 20 de dezembro.

Preparação – Leonardo Murga, auditor de Controle Externo do Tribunal de Contas do Distrito Federal e professor de Controle Externo e de técnicas para provas discursivas do Gran Cursos Online, listou três pontos essenciais que vão auxiliar na preparação dos candidatos para as provas discursivas.

 

Aprenda a conversar com a banca examinadora!

Segundo o especialista, aprender os conteúdos do edital não basta. “O bom estudante também aprende a dialogar com a banca examinadora do seu concurso-alvo. E para que esse contato seja estabelecido, é importante que os exercícios sejam feitos com alguns cuidados adicionais. São eles:

  1. honestidade sobre seus acertos: se você acertou sem ter certeza absoluta da resposta, não passe direto pela questão. Avance somente após solidificar seu conhecimento;

  2. mensure seus resultados: você precisa saber exatamente qual é o seu percentual de acerto em cada uma das matérias para as quais está estudando;

  3. revise seus erros constantemente. Sabe aquela questão que você errou? Revisá-la inúmeras vezes para que não tenha problemas durante a prova é fundamental”.

 

Perdoe o examinador!

Segundo o professor, os candidatos nem sempre concordam com algum gabarito ou com a forma como alguma questão foi elaborada pelo examinador. Ele observa que, embora seja salutar manter o senso crítico, quando o assunto é concurso público, o mais indicado é tentar entender o processo de pensamento que levou a banca a exarar determinado posicionamento.

 

“Analisar as provas com os olhos desarmados pode ajudar na apreensão do conteúdo de uma forma mais orgânica. Em suma, não brigue com a banca, perdoe. No final, é ela quem você deve superar para vencer no mundo dos certames”.

 

Não negligencie as provas discursivas! 

“O estudo para questões discursivas não se dá apenas com o treino da escrita. Na realidade, o aprendizado começa na forma como nos relacionamos com os conteúdos do edital. Imaginar como um determinado conceito pode ser explicado, estabelecer conexões entre o que já foi estudado e o que está sendo aprendido no momento, bem como simular, ainda que mentalmente, formas como a banca examinadora elaborará questionamentos sobre as matérias são técnicas valiosas para escrevermos bons textos”.

anuncio patrocinado
Anunciando...