Caixa abre 2 horas mais cedo para nova etapa do saque imediato do FGTS

0

As agências da Caixa Econômica Federal abrem duas horas mais cedo, nesta sexta-feira (dia 25), para atender aos trabalhadores nascidos em fevereiro e março, beneficiados pela antecipação do saque imediato de até R$ 500, por conta ativa ou inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O horário estendido também valerá para a próxima segunda-feira, dia 28.

As unidades também abrirão neste sábado, dia 26, das 9h às 15h, para realizar o pagamento, esclarecer dúvidas, promover correções no cadastro dos trabalhadores e emitir senhas do Cartão Cidadão. A lista das agências com horário especial de atendimento está no site do banco.

Nesta etapa do calendário, cerca de oito milhões de trabalhadores poderão sacar, aproximadamente, R$ 3,4 bilhões em volume de recursos.

Carteira de trabalho

A Caixa recomenda que o trabalhador apresente sua carteira de trabalho no momento do saque, além de documento oficial com foto.

Os saques de até R$ 500 estarão disponíveis nas casas lotéricas e nos terminais de autoatendimento, para quem tem senha cadastrada do Cartão Cidadão. Quem tem pode sacar o dinheiro nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando um documento de identificação.

saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso seja demitido sem justa causa ou nas demais hipóteses previstas em lei. A retirada de até R$ 500 por conta do FGTS não significa adesão ao saque- aniversário ou perda do direito à multa rescisória, independentemente do canal de recebimento.

Novo calendário

No dia 21, a Caixa anunciou a antecipação do saque imediato para todos os que não são clientes do banco. Até então, as retiradas — realizadas de acordo com o mês de aniversário — precisavam seguir um cronograma em que os nascidos a partir de julho só teriam direito ao benefício no ano que vem. Se o mês de nascimento fosse dezembro, por exemplo, a retirada seria possível apenas em março de 2020.

Confira o novo calendário de saque

Nascidos em fevereiro e março – a partir de 25 de outubro

Nascidos em abril e maio – a partir de 8 de novembro

Nascidos em junho e julho – a partir de 22 de novembro

Nascidos em agosto – a partir de 29 de novembro

Nascidos em setembro e outubro -a partir de 6 de dezembro

Nascidos em novembro e dezembro -a partir de 18 de dezembro

Segundo a Caixa, apesar da antecipação do calendário, a data-limite para o recebimento dos valores continuará sendo março de 2020. Caso o saque não seja feito até esta data, o valor retornará para a conta do FGTS do trabalhador, sem qualquer ônus.

Ao todo, 59 milhões de pessoas com direito ao saque não são clientes da Caixa e deverão retirar um volume total de R$ 25 bilhões.

Transferência

O banco desistiu de cobrar a taxa de R$ 22 para os trabalhadores que quiserem fazer a transferência do dinheiro para outros bancos.

anuncio patrocinado