Nos passos do Eixão do Lazer, GDF quer fechar a avenida W3 aos sábados

0
45
W3 Sul ainda mantém bons restaurantes e bares. Conheça alguns

O governador Ibaneis disse que pretende abrir a avenida para pedestres, ciclistas, com eventos culturais, esportivos e de diversão

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) estuda interromper o trânsito de veículos na W3 aos fins de semana. Seguindo os passos do Eixão do Lazer aos domingos, o espaço seria destinado exclusivamente a pedestres, ciclistas e eventos de diversão, cultura e esporte. Segundo o governador Ibaneis Rocha (MDB), a medida é uma proposta para a revitalização da avenida.

O emedebista apresentou a proposta a empresários na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico (Codese-DF), nesta terça-feira (20/08/2019), no Palácio do Buriti. O GDF tem em marcha um projeto para a revitalização da infraestrutura da W3, em parceria com o setor produtivo. Contudo, segundo os empreendedores, são necessárias ações para levar as pessoas de volta à região.

“Sempre imaginei a avenida W3, desde a minha de criança, como uma grande rua de comércio, encontro, lazer. Coloquei na minha cabeça de fechá-la aos sábados, como fechamos aos domingos o Eixão”, assinalou. O GDF vai criar um comitê para avaliar a ideia. “Sendo viável, a gente implementa em um período experimental nas férias de janeiro, fevereiro e março”, completou.

Os testes serão realizados, inicialmente, na Asa Sul. Dando certo, o governo vai implantar o modelo também na Asa Norte. Existe a possibilidade da interdição ser semanal ou quinzenal. O espaço poderá receber pequenas feiras, a exemplo de produtos orgânicos e artesanato. Os estudos serão feitos pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação e empresários.

Ibaneis foi convidado a participar do Codese-DF como membro de honra. Os empresários apresentaram um ampla pauta de projetos com foco na economia. Os empreendedores apresentaram projeto para trazer o Hospital de Câncer de Barretos para o DF. Ibaneis mostrou simpatia à ideia, declarando estar aberto para futuras reuniões.