Festival Internacional de Cinema e Alimentação faz estreia em Brasília

0
12

A mostra Slow Filme levou 22 filmes para o Cine Brasília. A gastronomia sustentável e consciente foi o fio condutor entre eles

 

Após nove anos tendo Pirenópolis (GO) como endereço cativo, o Festival Internacional de Cinema e Alimentação, Slow Filme, desembarcou em Brasília para a sua 10ª edição, desta vez no Cine Brasília. A estreia na capital federal aconteceu na última quinta-feira (01º/08/2019), sob o olhar atento das coordenadoras do festival, Gioconda Caputo e Carmem Moretzsohn, e do curador, Sérgio Moriconi.

O trio foi prestigiado por fotógrafos, cineastas, escritores e um público ansioso em consumir o conteúdo documentado. Eles assistiram ao filme italiano Slow Food Story, sobre a criação do movimento que revolucionou a gastronomia no mundo. Além dele, outras 21 produções sob a curadoria de Moriconi estiveram em cartaz até o domingo (04/08/2019).

Apesar do charme que Pirenópolis conferia ao Slow Filme, os organizadores sentiram que estava na hora de crescer e se aproximar ainda mais do público que se deslocava para a cidade, que fica a pouco mais de 150km de Brasília, incluindo estudantes de gastronomia e entusiastas da área.

Prova disso foi a noite de estreia. Mais de 800 expectadores prestigiaram as duas primeiras sessões, contrapondo com os 150 lugares do cinema goiano.