Sítio de hortaliças orgânicas recebe selo de boas práticas agropecuárias

0
12

Propriedade de produtor rural no Assentamento Contagem demonstrou, entre outras coisas, bom controle e organização da rastreabilidade dos produtos

O Comitê Gestor do Programa Brasília Qualidade no Campo certificou o Sítio São Pedro, no Assentamento Contagem, após a auditoria da Agricultura do Distrito Federal (Seagri), Emater-DF, Ceasa e Diretoria de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde. O sítio, do produtor Josecler Moreira, foi a 27ª propriedade de orgânicos a receber o selo.

Um dos destaques do lugar, na avaliação dos técnicos, foi o controle e organização da rastreabilidade dos produtos – que estava com referências além do exigido na legislação. “A parte de gestão sempre foi bem organizada, desde a primeira visita”, afirmou a coordenadora de Qualidade do Alimento da Emater-DF, Letícia Martinez.

Outro ponto positivo foi a implantação da fossa séptica, um dos itens indispensáveis para a certificação, mas que, por vezes, é negligenciado nas propriedades rurais. “Foram adquiridos equipamentos por meio de emenda parlamentar e distribuídos na área rural, com a contrapartida de o produtor fazer a instalação, e esse saneamento reflete bastante na qualidade do alimento ofertado”, explicou a responsável pelo programa de BPA na Secretaria de Agricultura, a agrônoma Lara Line Pereira de Souza.

Entre as exigências para a certificação está também a capacitação dos trabalhadores, que já foi realizada no sítio. A equipe de auditoria conferiu as anotações do caderno de campo, a área de pós-colheita e embalagem, o local de armazenamento dos insumos, os canteiros de plantio, a captação de água, moradia dos trabalhadores rurais, o saneamento da propriedade.

Para o produtor, seus principais motivadores foram o senso de responsabilidade e o desejo de alcançar a excelência. “Nossa propriedade sempre quis ter esse selo. A gente se esforça sempre em fazer o melhor e ter a nossa marca em boa referência”, afirma Moreira. Ele conta com o apoio de seu filho Cleber Moreira nas atividades do sítio.

Com informações da Emater-DF