Nada de ônibus ou caminhões na plataforma superior da Rodoviária

0

Trânsito está completamente interditado no sentido Norte-Sul. Confira as alterações.

 

Com o risco iminente de desabamento, o trânsito de ônibus e caminhões na plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto está proibido, pelo menos até o fim das obras de recuperação das vigas de sustentação. A via que liga o Conjunto Nacional ao Conic no sentido Norte-Sul está completamente interditada para qualquer veículo exceto bicicletas — inclusive os estacionamentos. Pedestres ainda podem passar por ali.

Carros e motos só poderão trafegar na pista que liga o Eixo L Sul ao Eixo L Norte. Das três faixas liberadas para quem sai da Asa Sul para a Asa Norte, apenas duas estarão livres. Uma delas foi revertida para atender quem faz o fluxo contrário.

As obras devem começar e até 15 dias e durar três meses. A interdição é determinação do governador Ibaneis Rocha, após a Novacap detectar dilatação nas fissuras da estrutura que dá sustentação ao piso superior do terminal. Em três meses, essa fissura cresceu de 0,4 cm para 1,5 cm.

Ibaneis falou sobre a interdição. “Sei do transtorno que uma medida emergencial como essa causará à vida da nossa população, mas precisamos em primeiro lugar pensar na segurança e na vida das pessoas que passam por ali todos os dias”, avisou o governador.

Confusão

Nos primeiros dias de interdição, será comum ver motoristas confusos com as mudanças. Por exemplo: no sentido Sul-Norte da parte superior, que virou via dupla, o semáforo está virado para apenas um lado. Para evitar mais transtornos, o Detran está posicionado no local para dar suporte e orientação.

Uma parada provisória será instalada no paredão que fica ao lado do Buraco do Tatu para atender os passageiros de ônibus que desciam na pista da plataforma superior entre o Conjunto Nacional e o Conic. O funcionamento do metrô não será afetado.

No trecho de circulação provisória, os ônibus e caminhões que vierem pelo Eixo W Norte deverão entrar no acesso ao Eixão Norte, contornar a rodoviária pela alça oeste, retomar o acesso ao Eixão Sul (lateral ao Buraco do Tatu) e, enfim, prosseguir no Eixo W Sul. No sentido contrário, a circulação de caminhões será semelhante: entram no último acesso do Eixo L Sul ao Eixão Sul, contornam a rodoviária pela alça leste, retomam o fluxo na lateral do Eixão Norte e prosseguem pelo Eixo L Norte. O tráfego de caminhões pelo Eixão, tanto Norte quanto Sul, fica proibido.

anuncio patrocinado
Anunciando...